Campanha de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de março


Campanha de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de março

Parte do calendário nacional, mobilização busca eliminar a presença do vírus no país


Saúde, publicado em 17/02/2020

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo, que realizou seu Dia D no último sábado (15), continua em todas as unidades de saúde do município até o fim do próximo mês de março. A vacinação é gratuita e é a única forma de prevenção contra o vírus, que já causou 15 mortes somente em 2019.

De acordo com o Ministério da Saúde, a campanha visa sensibilizar pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar seus filhos, reforçando que o sarampo é uma doença grave e que pode matar. "É importante que as pessoas entendam as consequências de não se vacinar contra o sarampo, que é um vírus de alta transmissibilidade, podendo uma pessoa com a doença contaminar mais 18 indivíduos, e letalidade, principalmente em crianças", afirmou o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta.

O objetivo da campanha, que faz parte das ações do Movimento Vacina Brasil, do Ministério da Saúde, é ampliar a cobertura vacinal de crianças e jovens, em faixas etárias que ainda não haviam sido convocadas e nem vacinadas, evitando o risco de propagação do sarampo no país. 

Dia D

Como ação do calendário nacional de vacinação, o município realizou o dia "D" da mobilização no último sábado (15). Os postos de saúde da cidade estiveram abertos durante todo o dia para atender a população local.

De acordo com dados nacionais, cerca de 42 mil postos de saúde de todo o Brasil estiveram abertos para o dia D de vacinação contra o sarampo, doença altamente contagiosa e que pode levar à morte. De acordo com o Ministério da Saúde, nesta etapa da campanha devem ser vacinadas crianças e jovens de 5 a 19 anos. Até 13 de março, o órgão espera vacinar 3 milhões de pessoas nesta faixa etária.

Na sexta-feira (14) O Governo do estado do Rio de Janeiro confirmou a primeira morte por sarampo desde o ano 2000. Uma criança morreu em 6 de janeiro, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Dados Nacionais

Em 2019, 9% (526) dos municípios registraram 18.203 casos confirmados e 15 óbitos por sarampo, sendo 14 no estado de São Paulo e 1 em Pernambuco. Em relação aos casos, São Paulo também registrou o maior número de casos, 16.090 (88,4%) em 259 (49,2%) municípios, seguido dos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, Minas Gerais e Pará.





Imagens relacionadas