Prefeitura deve doar cerca de 3 milhões de sementes de cacau em 2020


Prefeitura deve doar cerca de 3 milhões de sementes de cacau em 2020



Agricultores inscritos junto a Semagri receberam 2,5 milhões no ano passado, além de diversas tipos de mudas nativas da Amazônia


Agricultura, publicado em 27/05/2020

Na busca por melhorar e aumentar a produção de cacau em São Félix do Xingu, a Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri) deve distribuir cerca de 3 milhões de sementes de cacau e 200 mudas híbridas da espécie para produtores da região. Conforme dados oficiais, o cacau já é uma das principais fontes de renda para a agricultura local do município.

De acordo com o secretário adjunto municipal de Agricultura, Helyo Jorge, em 2019 foram distribuídos milhares de mudas mais de duas milhões de sementes de cacau. “Com a parceria com a Ceplac, conseguimos entregar 2,5 milhões de sementes no ano passado. Os produtores interessados podem fazer o cadastro conosco, onde vamos catalogar dados como região e quantidade de sementes necessárias. Somente este ano temos uma previsão de distribuir cerca de 3 milhões de sementes”, afirma.

O município conta com três viveiros que servem como distribuidores de mudas frutíferas e nativas da região, como o cacau, açaí, limão e laranja. O principal viveiro está localizado na sede municipal, na região do Bairro Planalto, enquanto os outros estão na zona rural do município, um na Lindoeste e outro no Distrito da Central. “Nós conseguimos as sementes por meio de parcerias com a TNC, a Ceplac e a própria Emater e a Cedap, e fazemos a distribuição para produtores interessados e cadastrados aqui na secretaria”, lembra.

Além disso, foram distribuídas sementes de milho e diversas outras espécies para agricultores cadastradas na secretaria. As doações não custam nada para o agricultor, que precisa somente fazer o cadastro na Semagri e conferir a disponibilidade. Nesta semana, o atual titular da pasta, Marcos Prudente, realizou a entrega de sementes para diversos produtores rurais locais.