Transporte da UBS Fluvial de São Félix do Xingu é iniciado


Transporte da UBS Fluvial de São Félix do Xingu é iniciado



Unidade deve chegar antes do início do verão, quando o nível do rio diminui e atrapalha a navegação de grandes embarcações


Marketing, publicado em 06/06/2020

 Foi iniciado, na última quarta-feira (3), o transporte da Unidade Básica de Saúde (UBS) Fluvial de São Félix do Xingu. A embarcação, que deve atender até 4 mil pessoas das regiões ribeirinhas e indígenas do município, saiu na tarde de ontem da capital do estado do Amazonas, Manaus, e deve seguir até o Rio Xingu, subindo por Altamira.


Conforme informações da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) a unidade contará com todos os equipamentos necessário para a realização do atendimento básico à população, assim como médico, enfermeiro, técnico de saúde bucal e profissionais de laboratório fixos, podendo haver a ampliação do número de profissionais. Segundo o Ministério da Saúde, caso o município cumpra com as exigências do Governo Federal, o órgão pode fornecer até R$ 90 mil para custeio mensal da unidade.


A UBS Fluvial de São Félix do Xingu começou a ser construída em 2018 no estado do Amazonas por uma empresa especializada que também foi a responsável pela produção de diversas embarcações para municípios de toda a região norte. Dados oficiais confirmam que o Governo Federal destinou cerca de R$ 85 milhões para a construção de barcos que devem beneficiar diversas localidades dentro da Amazônia Legal. Para o Ministério da Saúde, a implantação de unidades móveis como a UBS Fluvial é um importante passo no combate à endemias.


“O Ministério da Saúde tem como prioridade o fortalecimento da Atenção Básica, com capacidade para solucionar até 80% dos problemas de saúde da população, o que ajuda a desafogar os atendimentos em hospitais gerais e instituições habilitadas para serviços de média e alta complexidade”, afirmou o órgão.





Imagens relacionadas